31 de mar de 2010

1ª Encontro de Coletivo: Rondônia e Acre

Nesse fim de semana, alguns agentes do IA irão à capital, Porto Velho, participar do 1ª Encontro de Coletivo: Rondônia e Acre, que acontecem nos dias 02 e 03 de Abril, com a finalidade de discutir e planejar ações conjuntas para o ano de 2010. Na capital os agentes dos IA vão se juntar aos coletivos Vilhena Rock, Raio Q Uparta e Festival Casarão de Rondônia e o Coletivo Catraia de Rio Branco no Acre.O encontro, promovido pelo coletivo C.A.O.S, de Porto Velho, tem como grande parceiro a Casa Brasil que leva às comunidades computadores e conectividade privilegiando sobretudo, ações em tecnologias livres aliadas à cultura, arte, entretenimento (cine clube), articulação comunitária e participação popular.

Além de render frutos, conectividade e interatividade entre as ações promovidas em cada cidade, durante o encontro, dia 02/04, acontece também o lançamento do Festival Casarão Ano 11 com as bandas:
Black Drawing Chalks
Utimato

Expresso Imperial
02/04 Piratas PUB
entrada:12,00R$
lista Amiga 10,00 (Comunidade do Festival Casarão)

Lançamento do CD Machado Rock Festival acontece em abril

Demorou, mas finalmente, será lançado o CD da primeira edição do Festival Machado Rock Festival, que teve o objetivo de divulgar novas bandas ji-paranaenses. A Fundação Cultural de Ji-Paraná disse esta semana que o evento não será cancelado e está confirmado para os dias 9 e 10 de abril. O evento acontecerá na Praça do Telégrafo, em frente ao Teatro Dominguinhos.

De acordo com informações da Fundação Cultural que realizou o 1º Machado Rock Festival em 2008, no próximo mês de abril, a entidade irá promover uma grande solenidade de premiações, onde as bandas, e pessoas envolvidas no evento estarão recebendo o troféu “Maycon Victor”, homenagem ao jornalista e músico que faleceu vítima de afogamento, no ano de 2008, em Ji-Paraná, sendo a primeira vez que Fundação Cultural de Ji-Paraná promoverá um grande evento em parceria com as bandas de rock do município.

O 1º Festival Machado Rock Festival teve como objetivo revelar e divulgar novos artistas da área musical de Ji-Paraná, através de músicas inéditas no estilo rock. O evento teve também como foco, ampliar na sociedade jiparanaense e na região, o hábito de conhecer e ouvir a produção musical local, dentro do gênero “rock”.

Gravação

No CD Machado Rock Festival, estão gravadas as 14 músicas inéditas das cinco bandas vencedoras da primeira edição do Festival. As músicas, fotos e toda a arte visual dos CD´s foram trabalhadas em Ji-Paraná e teve o final da impressão em um estúdio em São Paulo, garantindo uma melhor qualidade dos trabalhos feitos pelas bandas rondonienses.

As bandas participantes receberão da Fundação Cultural, por meio de patrocínio da Prefeitura de Ji-Paraná, CD´s para divulgação de seus trabalhos. O recurso adquirido com a venda dos CD´s do festival será investido pelos músicos em seus grupos musicais.

Homenagem

Além do lançamento oficial do CD da 1ª Edição do Machado Rock Festival, no dia 9 de abril, no Teatro Dominguinhos em Ji-Paraná, serão premiados também o melhor vocalista (Pablo – Neófytos), o melhor baterista (Jardel – Hawk Angel), o melhor contra-baixista (Gustavo – Neófytos), o melhor guitarrista (Magno Alemão – Di Marco), jornalistas e pessoas envolvidas no evento, escolhidos pela comissão organizadora e pelos jurados. A premiação acontecerá no dia 9 de abril, no Teatro Dominguinhos.

A Presidente da Fundação Cultural, Regina Vilas Boas, falou sobre a homenagem a Maycon Victor: “O Maycon era um menino muito bom, trabalhador, era músico e estava sempre presente em todos os eventos ligados ao rock. Ele foi uma pessoa muito marcante não só para as bandas como também para nós da Fundação Cultural que ficamos muito felizes em estarmos prestando esta singela homenagem a ele”. A direção da Fundação Cultura de Ji-Paraná se sente muito honrada em realizar este festival, pois nós acreditamos que apoiando a cultura no município estamos incentivando nossos jovens a se envolver com coisas boas, como a música e a arte”, finalizou.

QUANDO: Dia 10 de abril, na Praça do Telégrafo
Horário: 19:00

17 de mar de 2010

Lançamento do Festival CASARÃO Ano IX

2010 está quase no meio e o Festival Casarão se aproxima, indo pro seu décimo primeiro ano, praticamente um pré-adolescente, e como é de se esperar o lançamento do festival sempre gera um bafafá pra saber qual será a banda virá dar o ponta pé inicial, e como sempre faz, o organizado do evento, Vinícius Lemos acerta em cheio, ano passado foram os Los Porongas, tocando também no lançamento em Ji-Paraná.
Esse ano Vinícius acerta novamente, proporcionando para publico de Porto Velho, e por que não de Rondônia (eu moro me Ji-Paraná e vou demais), o show da Black Drawing Chalks, um quarteto stoner rock de Goiânia que já tocou com bandas como Nashville Pussy, The Datsuns, Motörhead e Eagles Of Death Metal, além de apresentar no festival canadense Canadian Music Week.
Banda também teve três indicações ao VMB e a música MY FAVORITE WAY foi eleita pela revista Rolling Stones como melhor musica de 2009, além de ter um clip muito bacana (Veja lá embaixo).

Então se você tá pensando se vai ou não, se agiliza por que o o Lançamento do Casarão Ano XI, vai ser no Pirata Pub no dia 02 de Abril, ainda se apresentam as bandas Ultimato e Expresso Imperial, as duas de Porto Velho, a entrada custa R$12,00, tá muito barato pra ver uma banda tão boa.

Reunião de Coletivos

Aproveitando a ensejo, acontecera uma encontro entre os Coletivo de Rondônia com Coletivo Catraia, do Acre, esse encontro visa estreitar o laço entre só dois estados, afinal são vizinhos que não trabalham junto como se gostaria, esse estreitamento será pautado na criação de um calendário de ações em conjunto, da troca de tecnologia e o intercambio entre artista.

Raphael Amorim

++++++++++
PARCEIRA FORTE
O IA fimar uma parceria bem bacana com o Pograma CLIP CLUB, o programa é regional e passa os clips da musicas mais pedidas da CLUB CIDADE, a galera abriu pra gente um espaço muito bacana é que te apresentar a cada Programa um videos de bandas locais, já passaram por la Di Marco e Tatudikixuti e nesse fim de semana tem mais.
Fique atento e não perca o Clip Club todo sábado as 12:15 e reprise no domingo 9:00 da manhã na TV Alamanda Canal 13.

15 de mar de 2010

1º ROCK no Campus

Dia 19 de março, marca um inicio de uma parceria muito bacana pra cena independente de Ji-Paraná, mesmo pequena, a união do IA com a DACJP (Diretório Acadêmico Campus Ji-Paraná) da UNIR já começa com um evento muito bacana o “1º Rock no Campus” abrindo o ano do universitários com o indie rock da Di Marco e o rock geral da Old School of Rock, o evento soma ao calendário de ações do Coletivo IA assim como a cena jiparanaense, abrindo um link entre a UNIR e as bandas locais e possíveis visitantes.
Então galera vamo la se fazer presente no 1º ROCK no Campus no dia 19 de março as 21:00 horas no campus da UNIR de Ji-Paraná, entrada FREE.

11 de mar de 2010

IV Festival Solaris de bandas novas

Começa em Cacoal nessa sexta (12 de março) o IV Festival Solaris, no Teatro Municipal de Cacoal. O festival passa a ser mais ousado nessa quarta edição, invés de um dia, serão três dias de muita musica. Segundo o organizador Fernando Meloni, o objetivo do evento é incentivar a criação de novas bandas e a fomentar a cena musical local, trabalho que já vem alcançando resultados desde a primeira e tímida edição do evento.

Durante as duas primeiras noites as bandas se apresentarão e quatro bandas serão escolhidas para fazerem parte do DVD do Festival. A escolha das bandas será feita por um júri e votação. No terceiro dia dentre as quatro finalista uma banda ganhará uma música produzida pelo Zero DB Estúdio (estúdio onde já passaram bandas como Djow, Di Marco, Mrs Lola e Tatudikixuti).

No fim de cada uma das três noites o evento será encerrado por bandas que já circulam dentro e fora do estado, na sexta (dia 12) tocam a Ultimato da capital Porto velho, e tem circulado bastante pelo circuito fora do eixo, no sábado (dia 13) é a vez da Di Marco de Ji-Paraná encerrar a noite, no Domingo (dia 14) quem encerra a Djow de Cacoal.


Raphael Amorim

3 de mar de 2010

Grito Rock Ji-Paraná 2010



Sem duvidas um divisor de águas na cena ji-paranaense, talvez alguns digam: “mas nem tinha tanta gente assim!” ou “as bandas nem eram tão boas assim!” bom de fato não tinha tanta gente, mas as que lá estavam com certeza não se queixam e pelo contrario vivem perguntando quando vai ser o próximo rock, e as bandas? Eram ótimas, surpreendendo quem estava presente, é claro que essas opiniões só podem ter sido dadas por quem não foi, ou foi, mas achou cinco reais muito caro e decidiu ir pagar quinze reais pra ouvir o “Rebolation” (como diria o Seu Jorge “essas coisas maravilhosas que o Brasil Produz”).
Bom, nos atemos ao evento, desde que o coletivo IA aumentou o numero de membros, ele vem realizando suas ações com bem mais preparo e organização, porem o GR 2010 tornou-se um divisor de águas devido ao pouco tempo para sua realização, o que exigiu um empenho muito maior do coletivo, empenho que serviu de injeção no grupo, e o que fez com que o evento começasse todo pago, a parceria com a Rebels Agency, agencia de Dj’s , foi responsável pela decoração do palco o que foi um atrativo muito valioso, mesmo assim ainda nota-se que muitas bandas não vão a eventos no quais ela não vai tocar o que nos deixa muito tristes.

DI MARCO: A banda abriu a noite, acabando com a velha treta de não querer ser a primeira banda e tocar pra poucas pessoas, porém a banda fez a sua parte (sou Power suspeito pra falar).

ROLPE: Vinda de Ouro Preto d’Oeste, a Rolpe fez sua quarta apresentação em jipa, cada vez mais entrosada, a banda ainda precisa se desprender do repertório cover, mas pra quem conhece a banda percebe que eles estão aos poucos se dando espaço pra canções deles nos shows, banda boa que ainda tem muito pra melhorar, e vai com certeza.

OSDONORTE: Na sua primeira viagem pra fora de Pvh a banda se mostrou bem ensaiada e mesclando bem covers e autorais colocou o publico pra pular, o som da banda tem um que de grunge com metal, com direito a participação do grande PAC MAN no vocais de Crazy train.

CALIBRE A GOSTO: Mesmo com a incerteza dos seus integrantes, a segunda banda de jipa a subir ao palco, fez um dos melhores shows da noite, com seu som que passeia entre Iron maiden e Los hermanos e a letras fortes, a banda mostrou competência e como sempre a forte presença de palco por parte do seu vocalista Roni, garantiram um bom show aos presentes.

VINIL LARANJA: Vinda de Belém a vinil foi sem duvida a surpresa da noite, fazendo o publico suar em frente ao palco, mesmo com a letra em inglês, a banda conseguiu se comunicar da melhor foram com o publico, com o “bom e velho rock and roll”, sem duvida uma banda q já caiu nas graças do publico ji-paranaense.

RHOX: Se era peso que o publico queria, eis que o desejo deles foi realizado, sobe ao palco a cuiabana Rhox, banda de uma galera gente boa que chegou um dia antes do evento, ótimo, pois foi mais bacana poder conhecê-los antes de ouvir o som, sem duvida a presença se palco e o som pesado são os fortes da Rhox , o que lhes garantiu a simpatia do publico presente, ótimo show, esperamos que voltem e logo.

TATUDIKIXUTI: Essa é sem duvida a banda que nem a distancia consegue desfazer, com o vocalista residindo em Rio branco do Acre, e o baixista e Pimenta Bueno, eles transpuseram esse obstáculo e fizeram um show como se essa distancia não existisse, mesmo sendo a ultima banda a se apresentar, e o publico já meio escasso, a tatu mostrou por que é uma das bandas mais antigas de jipa ainda em atividade, com o seu hardcore com guitarras melódicas a lá Slash e letra politizadas sem nhem nehm, a banda encerou o grito e grande estilo, ressalva para nosso grande Peó (também baterista da calibre a gosto) que já estava no seu segundo Show da noite e ainda segurou a onda.

O GR 2010 foi isso, realizado por amigos que acreditam na cena, e que fizeram com que o evento viesse melhorando a cada ano, entre criticas positivas de quem foi e curtiu o evento todo e negativas de quem deu uma passadinha, ficamos com a sinceras .

VAlew

Raphael Amorim
++++++++++

Confira ai o video dos batera apos o GR 2010:


1 de mar de 2010

Fundação Cultural de Ji-Paraná lançará CD do Machado Rock Festival


Demorou, mas finalmente, será lançado o CD da primeira edição do Festival Machado Rock Festival, que teve o objetivo de divulgar novas bandas ji-paranaenses. A Fundação Cultural de Ji-Paraná estará realizando no dia 10 de abril, o lançamento do primeiro CD do Festival Machado Rock Festival. O evento acontecerá na Praça do Telégrafo, em frente ao Teatro Dominguinhos. De acordo com informações da Fundação Cultural que realizou o 1º Machado Rock Festival em 2008, no próximo mês de abril, a entidade irá promover uma grande solenidade de premiações, onde as bandas, e pessoas envolvidas no evento estarão recebendo o troféu “Maycon Victor”, homenagem ao jornalista e músico que faleceu vítima de afogamento, no ano de 2008, em Ji-Paraná, sendo a primeira vez que Fundação Cultural de Ji-Paraná promoverá um grande evento em parceria com as bandas de rock do município.

O 1º Festival Machado Rock Festival teve como objetivo revelar e divulgar novos artistas da área musical de Ji-Paraná, através de músicas inéditas no estilo rock. O evento teve também como foco, ampliar na sociedade ji-paranaense e na região, o hábito de conhecer e ouvir a produção musical local, dentro do gênero “rock”.

GRAVAÇÃO DO CD - No CD Machado Rock Festival, estão gravadas as 14 músicas inéditas das cinco bandas vencedoras da primeira edição do Festival. As músicas, fotos e toda a arte visual dos CD´s foram trabalhadas em Ji-Paraná e teve o final da impressão em um estúdio em São Paulo, garantindo uma melhor qualidade dos trabalhos feitos pelas bandas rondonienses. As bandas participantes receberão da Fundação Cultural, por meio de patrocínio da Prefeitura de Ji-Paraná, mil CD´s cada para divulgação de seus trabalhos. O recurso adquirido com a venda dos CD´s do festival será investido pelos músicos em seus grupos musicais.

TROFÉU MAYCON VICTOR - Além do lançamento oficial do CD da 1ª Edição do Machado Rock Festival, serão premiados também o melhor vocalista (Pablo – Neófytos), o melhor baterista (Jardel – Hawk Angel), o melhor contra-baixista (Gustavo – Neófytos), o melhor guitarrista (Magno Alemão – Di Marco), jornalistas e pessoas envolvidas no evento, escolhidos pela comissão organizadora e pelos jurados. A premiação acontecerá no dia 9 de abril, no Teatro Dominguinhos.

A Presidente da Fundação Cultural, Regina Vilas Boas, falou sobre a homenagem a Maycon Victor: “ O Maycon era um menino muito bom, trabalhador, era músico e estava sempre presente em todos os eventos ligados ao rock. Ele foi uma pessoa muito marcante não só para as bandas como também para nós da Fundação Cultural que ficamos muito felizes em estarmos prestando esta singela homenagem a ele. A direção da Fundação Cultura de Ji-Paraná se sente muito honrada em realizar este festival, pois nós acreditamos que apoiando a cultura no município estamos incentivando nossos jovens a se envolver com coisas boas, como a música e a arte”, finalizou.

Por Mari Camata Fonte: http://www.alamaryjanne.blogspot.com/