8 de mai de 2008

Festival Casarão é destaque em mídia nacional

Di marco no Casarão 2008

A capital Porto Velho foi cenário da imprensa nacional durante aproximadamente uma semana. O Festival Casarão, que ocorreu no período de 30 de abril a 04 de maio, reuniu profissionais de todo o país. Jornalistas de conceituadas mídias como a revista Rolling Stones, revista Trip, jornais Folha de São Paulo, Jornal do Brasil, Urbanaque (SP), Trama Virtual, além de produtores e gravadoras que estiveram presentes nos seminários, workshops e shows durante a semana do rock.

O presidente da Associação Brasileira de Festivais Independentes (ABRAFIN), Fabrício Nobre, falou da importância do Festival Casarão que leva o nome do estado de Rondônia como o maior festival de rock da região Norte. “Rondônia agora engloba a lista dos Festivais brasileiros, isso é muito bom para a cultura do estado”, disse Nobre.O organizador do Festival, Vinicius Lemos, disse que sente orgulho de ter a missão cumprida. “Foi o evento mais cultural e multi-integrado que já vi na música de Rondônia. Tivemos várias tendências, estilos e Estados por aqui, trocando cultura e informação.

O evento trouxe uma nova percepção sobre a nova música brasileira para o público do Casarão, de Porto Velho e de Rondônia. Não é fácil fazer um evento neste nível cultural sem o apoio das secretarias de cultura do Estado. Tivemos também que buscar o apoio do Governo em nível federal para viabilizar verbas, mesmo assim, conseguimos o sucesso, e já pensamos agora na edição do Casarão do ano que vem”, finalizou Lemos.

DI MARCO - O município de Ji-Paraná foi representado pela banda de rock alternativo Di Marco. A banda foi a segunda a subir no palco do Kabanas no domingo (4), atraindo jornalistas, produtores e curiosos para prestigiarem o show da banda Ji-Paranaense. “A banda tem um grande potencial. Foi uma das bandas que mais gostei do Estado de Rondônia, tem grandes chances de emplacar nos festivais a fora” disse a jornalista Carolina Requena, da Revista Rolling Stones (SP).


Mari Paio, Redatora chefe do jornal Correrio Popular

e figura presente na cenário alternativo de Jipa.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Casarão no Amazon Sat


A partir de hoje as matérias sobre o Festival Casarão Ano IX no Amazon Sat. A cobertura foi feita pelo grande Orlando, repórter da emissora amazônica.


Confira:

Programa GALERIA

Hoje (sexta feira), as 20:10 h*

No Amazon Sat (A cara e a voz da Amazônia)

Se você perder não se preocupe: Domingo, às 19:40*, e Quarta-Feira, às 15:40 h, rolam reprises.


*Horário de Rondônia.

Vale lembrar que matérias sobre o Festival Casarão serão veiculadas no Amazon Sat em diversos programas, além do Galeria, terá o Zappeando (programa mais antenado da região) e Amazônia Agora. Sempre com focos diferentes, dando uma cobertura legal deste festival que com certeza foi um dos melhores realizados no estado até agora.


Assistam aê. Quem sabe vc não aparece por lá...


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sinal de Vida?


O Rock in Rua irá completar 20 anos de existência em 2008 e se consolida como um dos festivais mais tradicionais do estado. O fato curioso é que a maioria do público médio do RiR sequer havia nascido quando foi realizada a primeira edição do mesmo. Entretanto, mesmo com essa “idade”, o festival ainda não é devidamente reconhecido, até mesmo dentro do estado de Rondônia. Já vieram bandas de Ji-Paraná, Porto Velho e Cacoal, e várias outras que são de outros estados brasileiros se interessaram a vir, mas não tiveram condições.

Como em qualquer festival várias bandas locais “surgem e acabam” apenas com o intuito de tocar nele, não que isso seja exclusividade do interior, o que demonstra a sua importância como evento, mas não consolida uma cena forte de bandas em Vilhena, cujo o forte são os eventos, e não o contrário (onde bandas puxariam a cena). Para se ter uma idéia: de 2003 para cá somente uma banda se apresentou em todas as edições, enquanto outras se desmanchavam assim que tocavam no festival.

Com o público médio de aproximadamente 1.500 pessoas por evento o Rock in Rua é com certeza o maior festival do sul do estado e, cabe dizer, isso apenas com bandas locais e regionais se apresentando, sempre em espaço público, diga-se de passagem.

A organização do festival pretende fazer um festival que honre os vinte anos dessa iniciativa. No ORKUT já tem um tópico para responder dúvidas referentes ao festival, inclusive de como será feita a seleção de bandas para o evento.

A previsão é de que o festival seja realizado na segunda quinzena do mês de julho. Acompanhe as novidades sobre o Rock in Rua aqui, na comunidade do evento.


João Carlos Regert Neto – “Nettü Regert”

baixista da banda ENMOU, coletivo Vilhena Rock e pai nas horas vagas.


---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ERRATA: No texto sobre o Rock na ON LINE, nosso caro amigo Fernando Meloni esqueceu de comentar que a banda UrbanóId's ( ) também se apresentou nessa mesma noite.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: