14 de set de 2010

Anunciado o resultado do Edital Microprojetos Mais Cultura na Amazônia Legal

Serão destinados R$ 13,7 milhões para financiar 928 projetos culturais da região

Veja a relação dos contemplados

Foi publicada na quinta-feira (9) a relação de classificados do programa Microprojetos Mais Cultura na Amazônia Legal. Foram selecionados 928 projetos de artistas, grupos artísticos independentes e produtores culturais da região amazônica, que receberão, no total, um investimento de R$ 13,7 milhões. O programa é uma parceria entre a Fundação Nacional de Artes (Funarte) e a Secretaria de Articulação Institucional (SAI) do Ministério da Cultura.

O Microprojetos na Amazônia Legal a recebeu 2.706 propostas e superou as expectativas, devido ao grande número de projetos selecionados. A meta inicial era atender cerca de 770 iniciativas por meio de financiamento não-reembolsável. Porém, muitos projetos não atingiram o teto de 35 salários mínimos, valor máximo estabelecido no edital. Assim, foi possível ampliar o número de beneficiados, selecionando projetos de todos os nove estados da região amazônica: 37 do Acre, 15 do Amapá, 91 do Amazonas, 198 do Maranhão, 166 do Mato Grosso, 175 do Pará, 58 de Rondônia, 29 de Roraima e 159 do Tocantins. Os 37 projetos do Acre vão receber cerca de R$ 500 mil.

Mais cultura
Ação do Programa Mais Cultura, com o apoio dos governos estaduais da região amazônica, o edital Microprojetos para Amazônia Legal visa a fortalecer e apoiar a diversidade cultural da região. As propostas contempladas têm como beneficiários ou proponentes jovens entre 17 e 29 anos que residem na área. O resultado do Microprojetos Mais Cultura na Amazônia Legal foi anunciado pelo ministro da Cultura, Juca Ferreira, na quarta-feira, 1º de setembro, em Rio Branco (AC), em evento para assinatura de acordo entre o Ministério da Cultura e a Associação de Cultura e Meio Ambiente (ACMA). A parceria criou o Centro de Cultura da Floresta, que irá beneficiar os povoados da etnia Ashaninka na região e os da reserva da bacia do Alto Juruá.

Fonte: Funart

Nenhum comentário: