19 de fev de 2009

CONHECENDO AS BANDAS DO GR JP - Parte 03

Terceira parte da prévia das bandas de fora de Ji-Paraná que se apresentarão no Grito Rock 2009...

NEW CHANGE

É um projeto musical iniciado no final de 2007 por Marcelo Nascimento e Felipe Carlos, com intuito de resgatar ideais da antiga banda de ambos, a brok3n, e também de produzir mais músicas próprias. Após alguns meses compondo e produzindo 12 musicas, chamam Ramon (Baixista da Nepthis) e Valter (Guitarrista da Innocence) para se integrarem a banda, contribuindo também na finalização das musicas. Em julho de 2008, a New Change lança seu primeiro EP com 7 faixas produzidas e gravadas integralmente pelos integrantes da banda. Logo no lançamento, Valter precisa sair da banda por motivos pessoais e Ricardo assume as guitarras sem deixar a desejar, consolidando assim, a nova formação, que em menos de um ano, se apresentou em vários eventos importantes relacionados à cena de rock rondoniense e ainda conquistou um fiel público que está presente em todos os shows. O nome "New Change", que do inglês significa "Nova Mudança", deve-se ao fato de terem passado por varias transformações, sejam elas de formação, ou ate mesmo na forma de tocar e pensar. Além do significado musical, o nome New Change faz uma analogia com a mudança que cada pessoa pode fazer para transformar certa situação em sua vida, ou até na sociedade. Assim, grande parte das letras voltam-se a isso, sempre com uma intenção positiva e otimista. Enfim, a banda conta com a presença de músicos com certo grau de maturidade, que apesar das influencias de um rock agressivo, não se prendem na hora de compor, tentando assim, sempre buscar algo novo dentro de sua própria sonoridade.

Integrantes:

Marcelo Nascimento ~ Guitarra e Voz


Felipe Carlos ~ Bateria

DI MARCO no Grito Rock Cuiabá

Nem só da folia do axé, do samba e das marchinhas vive o carnaval. Democrática que é em suas festas, Cuiabá tem espaço - e público - para outro tipo de manifestação, bem diferente das tradições carnavalescas: o Rock. Estilo de
música que agrupa fervorosos seguidores, tem sido trilha do carnaval de muitos cuiabanos, através do festival Grito Rock. Neste ano, a sétima edição do evento acontece nos dias 20, 21, 22, 23, 24 e 28 de fevereiro, no Clube Feminino. Em sua primeira edição, o Grito Rock era apenas uma reunião de pessoas que queriam fugir do carnaval convencional. Hoje, já é um movimento que se espalhou por outros estados e até por países vizinhos, acontecendo simultaneamente nas mais diversas localidades, sempre com os mesmos propósitos: movimentar a cena musical independente e fazer com que bandas e idéias circulem. Neste ano cerca de 50 cidades promovem o festival, em todos os estados brasileiros. Só em Cuiabá, a programação conta com quase 60 bandas, de todas as regiões do país, e ainda a Cenobites, atração internacional vinda da Holanda. Em 2008, 450 bandas tiveram a oportunidade de tocar nos Grito Rock pelo Brasil adentro. Muitas delas circularam por mais de uma cidade, fortalecendo a proposta de intercâmbio. A programação em Cuiabá conta com nomes importantes e diversos da atual cena musical brasileira. De todas as regiões, chegam a Cuiabá bandas de destaque. Do Norte, por exemplo, vem bandas como a Mini Box Lunar (AP), que se destacou nos festivais da região em 2008; Também a Vinil Laranja (PA), que é uma das bandas escaladas para o festival americano South By Southwest. Do Acre vem a Filomedusa, destaque nacional aclamado por público e crítica. De São Paulo, dois nomes bastante conhecidos pelo público cuiabano, a banda Ludov e Daniel Belleza e os Corações em Fúria . Os pernambucanos da banda Nuda também voltam à Cidade Verde, com todo o seu lirismo e um trabalho de percussão muito bacana. Raphael Amorim, vocalista da banda Di Marco, de Rondônia, vem tocar pela primeira em Cuiabá, estreando já no Grito Rock. Ele se diz bastante satisfeito por apresentar-se no que se pode chamar de “embrião” desse festival. “Enxergamos bem mais do que uma possibilidade de tocar nosso som, mas uma possibilidade de aprender coisas novas sobre o circuito fora do eixo, o papel de um coletivo forte e pulsante, além de muita troca de informação e experiência. E, claro, poder levar o som feito em Rondônia pra outros estados, abrindo assim um caminho pra outras bandas”, conta o vocalista. As bandas mato-grossenses representam cerca de metade das atrações. São nomes como Venial, Inimitáveis, Lopes, Raiva em Paz, Self Help, Ebinho Cardoso Trio, Paulo Monarco, Linha Dura (representando o Hip Hop) e o Macaco Bong, destaque nacional com o disco Artista Igual Pedreiro, eleito o melhor do ano pela Revista Rolling Stone e que também integra a programação do festival South By Southwest, nos Estados Unidos. Dennis Rodrigues, vocalista da abusada e performática Inimitáveis, fica feliz por ter acabado de entrar no mercado autoral e já garantir duas apresentações no Grito Rock, uma em Cuiabá e outra em Londrina, Paraná. “Estamos empolgadíssimos e isso dá um gás tão bacana na banda! Estamos criando inúmeros projetos para 2009...”, revela. A banda tem um repertório jovem-guarda com uma roupagem mais rock’n’roll, e toca por aqui do domingo, 22. Apesar do nome ‘Rock’ dar título ao evento, outros tipo de música também irão embalar estes dias de carnaval no Clube Feminino. Jazz, MPB, Hip Hop e música Eletrônica são alguns deles. O Grito Rock acontece entre os dias 20 e 24 de fevereiro, no Clube Feminino (Rua Barão de Melgaço). Fechando o ciclo, acontece o “Enterro dos Ossos” no dia 28. A entrada é franca até as 20 horas, todos os dias. Informações e programação no www.gritorock.com.br.

Thalita Araújo

Fonte:
http://www.olhardireto.com.br

+++++++++++++++++
Bate papo rapidão com aguitarra e voz da banda Urbanóid´s Soares Junior, que vão se apresentar no GR Ji-Paraná e GR porto Velho.

IA -
Como a Urbanoid´s vê essa pequena turne com dua aprensentações no Grito Rock Jipa e em Pvh?

Juninho - E uma oportunidade imensa participa do Grito Rock 2009 em Ji-Paraná e em Porto Velho, o Grito Rock que e o maior Festival em rede do continente, que reuniu quase 50 cidades do Brasil e de países sul-americanos, nos da banda Urbanóid`s esperamos que no ano que vem as portas se Abram para participa de outros Gritos Rock em outros Estados

IA - A Urbanoid´s é uma banda relativamente nova, quais o planos pra 2009?

Juninho - Iniciada em Meados de 2007, com um estilo de Rap Rock, tocando um som bem sujo, o tempo foi se passando, novos integrantes foram entrando, a mentalidade foi mudando, ate que achamos nosso estilo fazendo um som Reggae com mistura de Rap e falando de paz, amor, de Deus do Grande Jah, temos vários planos para 2009 um deles e o lançamento do nosso CD Demo que terá 8 Faixas e Também fazer o movimento musical em nosso estado de Rondônia realizando vários eventos e participando de vários eventos.

IA - O que vocês prepararam pro GR? algumas novidade na formação? musicas novas?

Juninho - Estamos Preparados com 8 musicas próprias selecionadas para o Grito Rock, a formação e a mesma Juninho Guitarra e vocal, Renatinho Batera e Beck Vocal, Robson Gama Baixo e Izais Guitarra solo, no Grito Rock Porto Velho teremos uma participação em uma musica do Jeferson Marques da banda Estação Vapor.

+++++++++++++++++
RAPIDINHAS:

CORRERIA TOTAL: GRITO ROCK 2009

È Isso ai! Nesse fim de semana acontece em Jipa o Grito Rock 2009, no Teatro Dominguinhos, a entrada será 01 livro, esse que será doado a uma escola da cidade, quem não tiver livro paga R$5,00, mas a idéia é que todos levem um livro de preferência de Literatura (histórias).
O grito contará com a presença de quatro bandas de fora da cidade, as cuiabanas AOXIN e VITROLAS POLIFÔNICAS, a NEW CHANGE de Porto Velho e a HOPE de Ouro Preto D’oeste, as bandas de Jipa a se apresentar serão a ECLIPSE FINAL, NEÓFYTOS e URBANÓID´S essa q também se apresenta no GR Pvh, no dia 22 (Domingo).

Contamos a participação de todos!


SOLTE O GRITO DA GARGANTA!!!
+++++++++++++++++
APERITIVO:

Nenhum comentário: