4 de fev de 2009

COMEÇO DE ANO ROCK AND ROLL

Skate Rock :::::::::

A atração do Skate Rock: Macaco bong de cuiabá

Skate...


Aconteceu no último domingo (1°), no ginásio de esportes Gerivaldo José de Souza, o Gerivaldão, a primeira edição do Skate Rock, um evento que reuniu skatistas de vários municípios de Rondônia e apresentação de bandas de Ji-Paraná, além de uma vinda do estado de Mato Grosso.
O evento, que contou com o apoio da Fundação Cultural de Ji-Paraná (FCJP), Secretaria de Esportes (Semes), roupas E-Holic e Colibri Motos, começou às 9 horas, horário em que os skatistas já andavam na pista, que teve os obstáculos confeccionados pelos próprios esportistas de Ji-Paraná. Centenas de pessoas circularam no Gerivaldão durante o Skate Rock, inclusive praticantes de bike e patins, que aproveitavam os obstáculos para praticarem esportes.
De acordo com o responsável pela parte musical do Skate Rock, Raphael Amorim, o principal objetivo do evento foi mobilizar os jovens para irem a eventos culturais. “Várias pessoas foram ao Gerivaldão ver a competição e assistir aos shows. Isso mostra que a população ji-paranaense está ficando mais aberta ao que é novidade, como os esportes radicais, por exemplo, esse evento também marca o inicio do calendário de ações do coletivo Interior Alternativo”, afirmou.


CAMPEONATO DE SKATE - Devido ao alto nível dos competidores foi realizada apenas uma bateria na categoria amador, onde skatistas que andam há mais de quatro anos estão aptos a participar. Ao todo, 12 atletas se inscreveram no campeonato. O organizador da competição de skate, Valter Lopes, falou sobre o evento. “O saldo do Skate Rock foi muito positivo para a classe dos skatistas, já que movimentamos a cena do esporte e recebemos muitos atletas de outros municípios, o que ajuda a melhorar o nível dos skatistas daqui”, explicou.
Na primeira colocação ficou Juliano Reis, de Ji-Paraná. Em segundo, Bruno Pastore, de Porto Velho. Amazon Corvo, também de Ji-Paraná, conquistou o terceiro lugar. Na quarta posição ficou Ferrugem, de Ouro Preto. Os vencedores foram premiados com equipamentos para skate, camisetas e bonés da marca E-Holic, cd’s e medalhas. Galera aproveitando a pista e a banquinha do INTERIOR ALTERNATIVO

Rock...

Domingo à noite (01/02), fui conferir as bandas que se apresentaram no campeonato de Skate. O Skate Rock nada mais foi do que a prova de que pouco dinheiro e muitos amigos podem somar para a realização de um pequeno evento. Logo que cheguei, o que pude ver é que vários amigos se reuniram para realizar a mistura de campeonato de skate com shows de rock. Quem dera tivéssemos um grande patrocinador aqui para investir fundos em um grande evento, mas, a iniciativa foi tomada, parabéns a organização.Bom, continuemos. A primeira banda da noite foi a Neófytos. Uma banda de metal com uma presença de palco absurda. A Neófytos tem seus seguidores que não deixam de balançar suas cabeças em nenhum momento enquanto a banda se apresenta. O vocalista Pablo (que particularmente me dá medo depois que sobe ao palco), realmente encarna o que está tocando. Tem um timbre de voz grave rasgado que chacoalha qualquer estrutura e eu sempre fico pensando como ele não estoura nem uma caixa de som enquanto canta, o loco. Ah, a banda que eu queria ver...a banda Urbanóid´s. Eles não se apresentam em qualquer lugar então ainda não tinha conseguido ver o show. Entraram com o reggaezinho bacana, que até me surpreendeu, mas algumas músicas tem uma mistura estranha de “igrejauniversalcomreggaedajamaicaerapdosracionais”. A banda toca bem, mas as músicas próprias que são rap me lembram “Vida Loka”, e me parece que não fui só eu que achei isso. Ai entrou a banda Di Marco que eu não vou fazer muitos comentários bons hj (só pra não me chamarem de puxa saco ok?). Achei a voz do Raphael (vocalista) meio estranha, não sei se era o som que estava muito alto e eu estava do lado das caixas, mas não gostei muito do jeito que a voz se propagou. Aplausos para o Xandy (baterista) e para Uelton (baixista) que tocaram bem “Demaiiss”, dava pra ouvir muito bem eles tocando. Ponto positivo para as dancinhas do Alemão (guitarrista) que fez vários passinhos bonitinhos durante o show, hahaha. Ah e detalhe que enquanto eles tocavam a música “Toda vez que chove”, caia uma chuva lascada no Gerivaldão, fiquei imaginando que daria um ótimo clipe aquela chuva caindo bem na hora da música.Bom, como eu perdi o último show da noite que foi da banda cuiabana Macaco Bong, quem vai tecer comentários sobre o mesmo é a jornalista Samira Lima que me substitui nesta parte... E chega ao palco a Macaco Bong. Sem sombra de dúvidas, era o show mais esperado da noite, afinal a fama dos meninos já havia corrido por toda a cidade. Outra coisa: uma banda de rock sem vocalista? Quem não conhecia a Macaco estava lá com os dois pés atrás, achando que todos os elogios eram puxa-saquismo. E começa o show, sem que os integrantes emitissem uma palavra. A reação da platéia foi a mesma que tive quando assisti a um show da Macaco Bong pela primeira vez: todos os presentes estavam boquiabertos, sem acreditar nos próprios olhos. A Macaco Bong pra mim é isso, é muita música pra pouca gente em cima do palco, uma banda absurda de boa. A qualidade dos músicos é indiscutível, não há como dizer que um dos três integrantes seja um instrumentista mediano (e isso me faz pensar que todo músico que vê um show da Macaco sai de lá com outra visão sobre música. Workshop de primeira!). Eles são bons e fazem ótimas criações, falam sem abrir a boca e é isso que impressiona. A música deles se faz entender sem ter um único ruído de voz, só bateria, baixo e guitarra, funcionando da forma mais plena que eu já assisti.
Samira Lima e Mariana Paio Comunicação IA

+++++++++++++++++

GRITO ROCK JP
Acaba de sair a lista de bandas para o Grito Rock JP 2009, que acontecerá no dia 21 de fevereiro no Teatro Dominguinhos no centro da cidade.O festival marca o inicio do Circuito Rondoniense de Musica independente firmando a parceria do Interior Alternativo com os coletivos: Raio que Uparta (pvh) e Vilhena Rock (vlh).

Bandas GR Ji-Paraná:

- HOPE (Ouro Preto D’oeste)

- ECLIPSE FINAL (Ji-Paraná)

- AOXIN (Cuiabá)

- URBANÓID´S (Ji-Paraná)

- NEW CHANGE (Porto Velho)

NEÓFYTOS (Ji-Paraná)

- VITROLAS POLIFÔNICAS (Cuiabá)

(Sendo essa já a ordem de apresentação das mesmas.)

Raphael Amorim Produção IA

+++++++++++++++++

RAPIDINHAS:

URBANÓID´S NO GRITO ROCK PVH.

A banda de jipa Urbanóid´s foi a banda selecionada para se apresentar na capital do festival Grito Rock que acontecerá no dia 22 de fevereiro na Sede do Casarão, a banda ainda se apresenta no dia 21 no Grito Rock JP.

-----------------------------

DI MARCO no Grito Rock Cuiabá.

Saiu hoje no blog "O Cubista"do Pablo Capilé menbro do Espaço Cubo, a lista de bandas selecionadas parao GR Cuiabá, nessa lista estão duas banda de Rondônia a MISS JANE de Porto Velho, que se apresenta no dia 22 (domingo) e a DI MARCO de Ji-Paraná no dia 21 (sabádo), tocando com bandas como FILOMEDUSA do Acre e a paulista LUDOV.

21/02 SABADO

02:30 Ludov (SP)

02:00 Anhanga (MT)

01:30 Filomedusa (AC)

01:00 osviralata(MT)

00:30 Nhocuné Soul(SP)

00:00 Vandaluz (MG)

23:30 Kallima(MT)

23:00 Di Marco (RO)

22:30 Lothus(MT)

22:00 Prévias

veja a lista completa no blog:http://www.cubista.blogspot.com/

-----------------------------

CIRCUS APRESENTA: DJOW + DI MARCO.


Sábado dia 07 de Fevereiro, na Circus em Cacoal as bandas DJOW (cacoal) e DI MARCO (jipa) animarão a noite, ao cacoalenses que estiverem afim de curtir um bom rock and roll já sabem onde ir.

+++++++++++++++++

APERITIVO:

Vou Começar – Jéssica B.

http://www.youtube.com/watch?v=vv8-hE2m8iY

Ex vocalista da banda Hawk Angel, em novo trabalho, algo mais leve do que os vocais agressivos da sua antiga banda, porém muito bom e quem escuta não relaciona esse linda voz com aqueles vocais nervoso.
Vale a pena da uma co ferida


TIRINHA:::::::::::::::::::

Nenhum comentário: